Tema: CONHEÇA UM NOVO JEITO DE EDUCAR!

 

Você já frequentou várias escolas de idiomas, passou por vários métodos de ensino e no momento em que mais precisou usar o conhecimento adquirido de uma determinada língua estrangeira você travou?

Se sua resposta for sim, não se preocupe. Essa situação é muito mais comum do que você imagina, e o problema não está em você.

O sistema educacional de línguas está muito aquém das expectativas traçadas pelas pessoas que buscam dinamismo e rapidez no aprendizado.

Limitando-se nas questões gramaticais as escolas deixam a desejar na fluência da língua estrangeira, frustrando muitos alunos.

Nos dias atuais, um movimento denominado Educação 3.0 desencadeou uma verdadeira revolução na educação, onde o estudante tornou-se o protagonista, estudando somente o que lhe interessa, desenvolvendo assim uma educação específica.

 

O que é Educação 3.0?

Com o surgimento da internet e o crescimento exponencial das redes sociais, a educação tradicional tornou-se de certa maneira obsoleta.

O professor, com o papel de detentor absoluto do conhecimento passou a perder força, diante de uma nova sociedade de jovens que passaram a se desinteressar cada vez mais pelos estudos, não por preguiça, mas por não concordar com esse formato de ensino.

Com os inúmeros conteúdos disponíveis na internet estudantes e profissionais de vários ramos vêem-se sem a necessidade de um professor para aprender e solucionar suas dúvidas.

O educador passou então a sair de sua posição de líder e único detentor do conhecimento para se posicionar horizontalmente diante dos alunos, que passaram a conquistar maior autonomia no aprendizado.

Dessa maneira, o professor deixou de ser o líder autoritário tornando-se um guia onde o próprio estudante dirige a rota do ensino com a colaboração do educador e dos colegas.

É o próprio estudante que decide os métodos de aprendizado que deverão ser usados, bem como os assuntos que deseja se dedicar mais. 

Eis que surge um modelo revolucionário: A Educação 3.0.

Ao contrário do que muitos pensam, a escola 3.0 não é simplesmente aquela que troca a lousa de giz pela lousa digital.

Ela é na verdade uma nova concepção do que ensinar, como ensinar, com o que ensinar, e o que desenvolver, para entregar como resultado, uma pessoa apta a trabalhar e viver em uma sociedade dinâmica onde as transformações são constantes.

É através dessa proposta que uma grande corrente de pensadores vêm debatendo a Educação 3.0.

 

Programação Neurolinguística

Assim como a Educação 3.0 colocou em xeque o convencionalismo do ensino, outras técnicas passaram a ser usadas para ajudar o desenvolvimento do aprendizado.

Um modelo bastante conhecido é a programação neurolinguística (PNL) que surgiu na califórnia no início dos anos 70.

Esse método oferece um modelo que ajuda a entender melhor o pensamento do ser humano, sua forma de agir e sua comunicação, identificando em cada pessoa suas capacidades e aproveitamentos para atingir os melhores resultados no aprendizado.

Esse aspecto que influenciou o surgimento do nome “programação”, pois esse conhecimento sugere que a partir das nossas histórias, experiências e valores, somos programados a ter determinadas crenças e modelos mentais que impactam diretamente no nosso comportamento.

O significado do próprio nome condiz à dois pontos complexos que são estudados por essa disciplina.

O neuro que remete à mente onde são processadas todas as nossas experiências e a linguística que são as diversas formas de comunicação não verbal.

O PNL estimula o cérebro a obter uma sequência eficaz de organização do pensamento, a melhoria na capacidade de compreender uma leitura retendo melhor o conteúdo e a organização da produção escrita através de técnicas que favorecem o indivíduo a obter êxito em seu aprendizado.

Dessa maneira, a PNL funciona na construção de soluções, com foco no atingimento de metas e objetivos.

Em linhas gerais, uma vez que a pessoa aprende e internaliza essa estruturação, ela buscará diariamente gerar as mudanças de comportamento necessárias para se tornar uma pessoa de sucesso.

 

Hipnoterapia 

Uma outra técnica, a hipnoterapia reúne ferramentas e dispositivos da comunicação humana objetivando a promoção do aprendizado.

Consiste em uma forma de estruturar a linguagem e organizar algumas experiências, vivências e exercícios de imaginação e introspecção.

Em linhas gerais, a hipnoterapia é um convite à sua consciência para abandonar o controle e observar outras realidades, ou para que o seu subconsciente possa sequestrar a atenção consciente podendo se expressar e atuar de forma mais livre e plena.

É uma adaptação de conceitos e práticas dos mais variados campos do conhecimento humano.

Seus resultados práticos consistem em ativar e reintegrar estilos de processamento cerebral dos hemisférios direito e esquerdo.

Essa técnica é uma importante ferramenta para estimular e facilitar o aprendizado.

 

A aplicação das técnicas no aprendizado de línguas

Agora que entendemos algumas técnicas e revoluções atuais dos modelos educacionais, vamos aplicá-los ao aprendizado de línguas.

Como comentamos no começo deste artigo, aprender uma língua estrangeira é um verdadeiro desafio, onde muitas pessoas apresentam uma grande dificuldade.

Porém, através da revolução do conceito de aprendizado, com a aplicação das técnicas acima mencionadas, você pode aprender de maneira fácil e didática falar qualquer idioma.

Utilizando de Hipnoterapia e Programação Neurolinguística, a mente pode processar de forma mais eficaz o aprendizado, fixando o idioma de forma mais organizada e concisa tanto em nossa mente quanto nas nossas expressões não verbais.

Sendo assim, escolas e institutos que utilizam dessas técnicas são excelentes opções para o desenvolvimento mais rápido e eficaz do aprendizado.

 

Onde encontro esse método de estudo?

O Instituto de línguas mais completo da atualidade dentro dessas especificações, sem dúvidas é o LIPE Idiomas.

Especializado na Aquisição de línguas para fins específicos, o instituto revoluciona o ensino de línguas no Brasil.

Trabalha com a hipnoterapia e a programação neurolinguística, adentrando à educação 3.0 onde atende exatamente a sua necessidade de aprendizagem para a demanda especificada por você.

Aprender inglês, espanhol, português tornou-se mais rápido e fácil.

Com a aplicação das técnicas de Programação Neurolinguística e Hipnoterapia o instituto objetiva não só o ensino dos idiomas, mas sim a formação de pessoas aptas a entender e compreender qualquer assunto nessa nova língua.

Entre em contato conosco, saiba mais sobre nossos planos e nossa didática de ensino que teremos absoluta certeza que você ficará completamente satisfeito com nossos cursos, afinal, a sua satisfação é a nossa realização.

Prof. Gutemberg & Tintin

Faça sua Inscrição agora para a 1ª Semana de Inglês do LIPE Idiomas que acontecerá nos dias 20, 21 e 22 de Novembro.

Faça sua inscrição abaixo e garanta sua vaga, por que você vai amar aprender inglês comigo e com o Tintin. Te aguardamos! 😉

Inscreva-se!

 

 

Abrir chat
Olá tudo bem?
Seja bem vindo ao LIPE Idiomas - Instituto de Idiomas em Araguaína
Quer saber sobre nossas promoções para os cursos online ao vivo e presenciais?